2024-05-29

Percorrer a cartografia do invisível

Assírio & Alvim publica Lições da Miragem, o segundo livro de Ricardo Gil Soeiro no seu catálogo

Partilhar:

Em Lições da Miragem, o seu novo livro de poemas, Ricardo Gil Soeiro propõe-se interpelar o mundo através de vários saberes: da anatomia à semiótica, da alquimia à álgebra, da dança à meteorologia. Uma cartilha em parte analítica, em parte sensorial, por carregar também a dose certa de enamoramento e espanto, fuga e clausura, entropia e paz. São versos que se desdobram como pequenos tratados, cartografando o invisível e a promessa que o mundo de miragens deixa adivinhar.

 

O livro já se encontra em pré-venda e estará disponível nas livrarias a 29 de maio.

 

A sessão de lançamento realiza-se a 29 de junho, pelas 17:00, na Tantos Livros, Livreiros, em Lisboa. A obra será apresentada por José Cândido Oliveira Martins.

 

LIÇÃO DO ESPLENDOR

 

Um séquito de fantasmas,

os nossos, pendurados no cabide.

Nada perdura.

É por isso que tudo é para sempre.

 

SOBRE O AUTOR

 

Ricardo Gil Soeiro nasceu em 1981. É poeta e ensaísta. Tem vários ensaios publicados, entre os quais Gramática da Esperança (2009), Poéticas da Incompletude (2017), Volúpia do Desastre (2019) e O Enigma Claro da Matéria (2019). Organizou o volume As Artes do Sentido e coeditou Paul Celan: Da Ética do Silêncio à Poética do Encontro (2014), Das Cinzas do Silêncio à Palavra do Fogo (2018) e O Nada virado do Avesso (2019). No domínio da poesia, publicou obras como Caligraphia do Espanto (2010), Labor Inquieto (2011), Da Vida das Marionetas (2012) ou Pirilampos, publicado em 2022 pela Assírio & Alvim. Em 2012, veio a lume L’apprendista di enigmi, uma antologia poética traduzida para italiano. Com Iminência do Encontro foi galardoado com o Prémio PEN Clube Português – Primeira Obra 2010. Com o livro A Sabedoria da Incerteza foi finalista do Prémio PEN de Ensaio 2016. Com o livro Palimpsesto foi finalista do Prémio SPA 2017. Com A Rosa de Paracelso foi finalista do Grande Prémio de Literatura DST 2018. Em 2019, foi distinguido pelo Instituto Cultural Romeno com o título honorário Amicus Romaniae 2019. É professor de Estudos de Literatura, Arte e Cultura na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e investigador no Centro de Estudos Comparatistas da mesma instituição.