2018-06-12

Visitar Herbais com Llansol

Herbais foi de silêncio é o sexto Livro de Horas de Maria Gabriela Llansol

Partilhar:

A Assírio & Alvim publica a 14 de junho Herbais foi de silêncio, sexto Livro de Horas de Maria Gabriela Llansol, que será apresentado este sábado, pelas 17:00, no Espaço Llansol, por João Barrento e Maria Etelvina Santos.

Retirados dos Diários, de cadernos de notas e papéis avulsos da escritora, os textos apresentados neste livro correspondem à última fase (1980-85) do seu longo exílio em vários lugares da Bélgica, e aos meses iniciais do regresso a Portugal. «Livro-radiografia de uma época», nas palavras dos organizadores João Barrento e Maria Etelvina Santos, os escritos do tempo de Herbais espelham as preocupações e incertezas em relação ao regresso e aos futuros projetos literários da escritora, sendo também o núcleo preparatório para eles, «o húmus fértil de onde nasce toda a escrita de Llansol». Este livro apresenta-nos ainda reproduções de algumas páginas manuscritas, desenhos da autora e fotografias.

SOBRE A AUTORA

Nasceu em Lisboa em 1931. É apontada por muitos como um dos nomes mais inovadores e importantes da ficção portuguesa contemporânea. Levando às últimas consequências a criação de um universo pessoal que desde os anos 60 não tem paralelo na literatura portuguesa, a obra de Maria Gabriela Llansol estilhaça as fronteiras entre o que designamos por ficção, diário, poesia, ensaio ou memórias. Faleceu em 2008.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK