2018-07-18
Fasto e nefasto
Aquele ali parado na manhã de outono
de noite fasta e nefasta deixada atrás das costas
pretende salvar os sonhos no lugar da vida.

No lugar da vida aquele ali parado
alimenta a noite na manhã de outono
e desafia a morte.

Na manhã de outono aquele ali perdido
Deixou para trás das costas no lugar da vida
A salvação dos sonhos.

Perdido na manhã no outono da vida
aquele ali tão fasto a salvar os sonhos
alimenta só a nefasta morte.

Armando Silva Carvalho
A Sombra do Mar
Partilhar:
A Sombra do Mar
A Sombra do Mar
Armando Silva Carvalho

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK