Falsa Partida

Falsa Partida

ISBN: 978-972-37-1063-2
Edição/reimpressão: 01-2006
Editor: Assírio & Alvim
Código: 78593
ver detalhes do produto
9,00€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
9,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK

SINOPSE

O primeiro livro de Fernando Luís Sampaio a ser editado na Assírio & Alvim.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

"[Em 'Falsa Partida', Fernando Luís Sampaio] consolida o seu lugar destacado entre os principais poetas revelados na década de 80. com um estilo forte e amadurecido, que volta a provar como a atenção ao quotidiano e mesmo ao 'fait-divers' não são incompatíveis com a elaboração da linguagem e a capacidade de surpreender o leitor, 'Falsa Partida' é uma das obras mais marcadamente pessoais e originais surgida ma poesia portuguesa recente."
Gastão Cruz, Público, Mil Folhas

"Fernando Luís Sampaio publicou anteriormente alguns livros interessantes. Mas, com 'Falsa Partida', estamos perante uma obra densa e amadurecida, capaz de criar o seu próprio idioma, e que o coloca na primeira linha da poesia portuguesa contemporânea."
Eduardo Prado Coelho, Público, Mil Folhas


BRANCO SECO, 2002

Pedaços de firmamento flutuam na linha da costa
negras reverberações, soltas na paisagem
das ondas que são tábuas aplainadas
pelos corpos que sobrevoam a espuma.

No equilíbrio desdobrado em esforço
abrem-se os braços que acenam numa
luta desigual, um sonho
que arrasta consigo a salvação do nada.

Neste fim de tarde de um verão rotineiro
sobre a falésia pouso os pés incautos.
E vejo nesta beleza de areias atlânticas
as improváveis veredas para a eternidade.

DETALHES DO PRODUTO

Falsa Partida
ISBN: 978-972-37-1063-2
Edição/reimpressão: 01-2006
Editor: Assírio & Alvim
Código: 78593
Idioma: Português
Dimensões: 146 x 206 x 6 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 82
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Poesia
Fernando Luís Sampaio nasceu em Quelimane, Moçambique, em 1960. Na infância e adolescência, viveu algum tempo em Viseu. É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade de Lisboa. Estreou-se com o livro Conspirador Celeste (1981), que venceu o Prémio Revelação da APE, ao qual se seguiram Hotel Pimodan (1987), Sólon (1987), Escadas de Incêndio (2000) e Falsa Partida (2005). Foi traduzido para francês, espanhol, italiano, inglês e croata. Foi diretor do Festival Mergulho no Futuro (Expo’ 98) e do Instituto Português das Artes do Espetáculo, atual Instituto das Artes. É consultor para a dança e músicas plurais no Centro Cultural de Belém.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK