Harmonia

Harmonia

Formatos disponíveis
16,60€I
14,94€I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
16,60€I
14,94€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO
IPré-lançamento - envio a partir de 17-10-2019
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Situado num território onde confluem o ensaio, a poesia e os aforismos, Harmonia é um livro difícil de caracterizar, colocando-se premeditadamente de fora das noções habituais de género literário.

Nas palavras do seu autor, «É provável que aquilo que, subterraneamente, palpite neste livro seja uma modesta teoria sobre o ser humano, mas sem qualquer pretensão lógica ou sistemática. (A citação de Jung, que está no início do livro, é uma crítica severa às atitudes puramente racionalistas.) Estes textos têm também uma premeditada e radical simplicidade que não é passível de, enganadoramente, ser confundida com ingenuidade, desafinada como está hoje a nossa sensibilidade ante o pensamento dominante e a libérrima, mas oca, expressão das formas e dos conteúdos literários.
[...]
Estes Três Tratados da Harmonia são, de entre os meus livros, aqueles que prefiro. Por vezes, naquele momento em que o leitor anónimo me pede que lhe recomende um só dos meus livros, eu costumo sugerir-lhe estes Tratados. Porquê? Talvez porque eles formam uma obra que revela muito bem o escritor que, essencialmente, eu quis ser [...]» [Antonio Colinas]
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Harmonia
ISBN:978-972-37-1675-7
Edição/reimpressão:10-2019
Editor:Assírio & Alvim
Código:79163
Idioma:Português
Dimensões:152 x 235 x 19 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:248
Tipo de Produto:Livro
Antonio Colinas (La Bañeza, León, 30 de janeiro de 1946) é um poeta, romancista, ensaísta e tradutor espanhol. Fez estudos Técnicos e de
História na Universidade de Madrid e, entre 1970 e 1974, foi leitor de espanhol nas universidades de Milão e Bérgamo. Posteriormente viveu duas décadas em Ibiza e em 1998 mudou-se para Salamanca. As suas primeiras publicações são de 1969 e pertencem ao género lírico: Poemas de la tierra y de la sangre e Preludios a una noche total. Em 1985 publicou o seu primeiro romance, Un año en el sur: Para una educación estética, a que se seguiu Larga carta a Francesca em 1986. Entre as suas traduções do italiano encontram-se a obra de Giacomo Leopardi e a poesia completa de Salvatore Quasimodo, Prémio Nobel de Literatura. Na imprensa, colaborou com jornais como o El País, ABC e El Mundo, e revistas como a Revista de Occidente e Cuadernos Hispanoamericanos. Colinas publicou uma vasta e variada obra que recebeu diversos prémios, entre eles o Prémio Nacional de Literatura (1982), atribuído pelo Ministério de Cultura de Espanha, e mais recentemente o 25.º Prémio Reina Sofía de Poesía Iberoamericana (2016).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK