Montaigne

Montaigne

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
Formatos disponíveis
13,30€
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
24H
EM
STOCK
13,30€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H

SINOPSE

A escrita deste livro sobre Montaigne ocupou os últimos anos de Stefan Zweig, ajudando-o a tirar sentido da sua própria vida e de algumas das suas obsessões — a liberdade individual e a santidade do indivíduo. Com a prosa elegante e intensamente psicológica tão característica da ficção de Zweig, este relato da vida de Montaigne pergunta-nos como devemos pensar e como devemos viver. E é um maravilhoso vislumbre sobre as vidas de biógrafo e biografado — «Quando leio os Ensaios, o papel impresso desaparece na penumbra da sala. Alguém respira, alguém vive em mim, um estranho veio ao meu encontro, deixando de ser um estranho mas um amigo que eu sinto muito próximo.»
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

"A concisão é de regra: menos de 100 páginas são bastantes para nos dar a conhecer a vida e o pensamento do "pai" do cepticismo, o celebrado inventor do ensaio, Michel Eyquem, senhor de Montaigne. [...] A vasta bibliografia sobre Montaigne não dispensa a leitura deste magnífico ensaio biográfico de Zweig."
Eduardo Pitta, Sábado

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Conhece Montaigne pelos olhar de Zweig...
Raul Pires Coelho |2018-04-08
...é uma prazer duplo! Ambos viveram em períodos conturbados, de intolerância, de guerra... ler um ajuda a compreender o outro.
Indispensável
Diogo |2018-03-15
A vida de um dos homens mais importantes do seu tempo, contada por um dos maiores escritores do sec. XX. Simplesmente indispensável para qualquer amante de literatura.

DETALHES DO PRODUTO

Montaigne
ISBN:978-972-37-1886-7
Edição/reimpressão:12-2017
Editor:Assírio & Alvim
Código:79435
Idioma:Português
Dimensões:147 x 205 x 10 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:96
Tipo de Produto:Livro
Stefan Zweig nasceu a 28 de novembro de 1881 em Viena e é um dos mais importantes autores europeus da primeira metade do século XX. Dedicou-se a quase todas as atividades literárias: foi poeta, ensaísta, dramaturgo, novelista, contista, historiador e biógrafo. De ascendência judaica, empreendeu em 1934 um exílio voluntário da Áustria, então sob domínio do regime fascista de Dollfuss (austrofascismo), e viveu na Inglaterra, nos Estados Unidos da América e no Brasil, onde se viria a suicidar em 1942. Da sua extensa obra, destacam-se as novelas Amok (1922) e Confusão de Sentimentos (1927), a biografia Magalhães, o Homem e o seu Feito (1937), o ensaio Brasil, País do Futuro (1941) e a autobiografia O Mundo de Ontem (1942). A Novela de Xadrez foi a sua obra derradeira, concluída pouco antes do seu suicídio, a 22 de fevereiro de 1942.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK