O Livro das Comunidades

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN: 978-972-37-1973-4
Edição/reimpressão: 06-2017
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79481
ver detalhes do produto
14,40€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
14,40€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK

SINOPSE

«O Livro das Comunidades», publicado originalmente em 1977 pelas Edições Afrontamento, é visto pela própria Autora como «o livro-fonte» de toda a sua Obra.

Com ele se inicia uma primeira trilogia - «Geografia de Rebeldes» - e um percurso que levaria Maria Gabriela Llansol a convocar para os seus livros, nessa primeira fase da sua Obra, um grande número de figuras que lhe permitiriam fazer uma leitura original e única da história da cultura europeia entre a Idade Média (místicos e beguinas, herejes e iconoclastas de vária proveniência) e o nosso próprio tempo (com a revisitação e reinterpretação de uma figura como a de Fernando Pessoa, objecto do último grande livro de inéditos saído na Assírio & Alvim em 2015, «O Azul Imperfeito»).

O sentido inovador deste livro-chave é dado pela autora numa carta-entrevista de 1980, onde escreve: «Quando acabei "O Livro das Comunidades", reconheci a marca resultante desse encontro; o mesmo sucede quando abrimos as portas das sementes e a luz que sempre lá esteve nos indica a hora. Não se trata aqui de secretar mundo imaginário identificado com a irrealidade. A imaginação a que me refiro faz conhecer. É a criação de um tecido de singularidades».


A reedição d'«O Livro das Comunidades» pretende trazer de volta essa singularidade e assinalar, em 2017, no âmbito de outras iniciativas que o Espaço Llansol levará a cabo, o início quase absoluto desta Obra. Para marcar a diferença na reedição deste livro simbólico de Maria Gabriela Llansol (que neste momento se encontra esgotado), prevê-se a inclusão de um extratexto com imagens alusivas ao universo das figuras principais da linhagem da «Geografia de Rebeldes»: João da Cruz e Ana de Peñalosa, o místico Mestre Eckhart, o «teólogo da revolução» Thomas Müntzer e Nietzsche, entre outras.
João Barrento
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Um novo caminho literário
J. G. | 2021-09-03
Obra que foge ao contexto habitual da escrita, seja na estruturação do tema, com uma abordagem sui generis sobre a Fé, , recorrendo a "geografias" e personagens díspares (São João da Cruz, Nietzsche, Eckhart, entre outros). Llansol recorre igualmente como escreve Sílvina Lopes no Posfácio a "uma não-subordinação" ou até mesmo, a uma fuga ao "paradigma" da escrita convencional no fio da história, nos tempos e lugares, e nos personagens reforçando todo este desmando, como se não bastasse, com a disposição gráfica do texto. Atinge por vezes um plano quase onírico - remetendo no relacionamento entre os personagens para Lewis Carroll na obra "Alice no país das maravilhas". A singularidade da obra, no posfácio Sílvina Rodrigues confirma o "sentimento de estranheza" que carrega a sua leitura, torna-a por vezes espessa, difícil de aceder. No entanto pela sua novidade no plano literário, pelos novos caminhos que a obra nos abre, recomendo a sua leitura.

DETALHES DO PRODUTO

O Livro das Comunidades
ISBN: 978-972-37-1973-4
Edição/reimpressão: 06-2017
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79481
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 205 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 104
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Maria Gabriela Llansol nasceu em Lisboa em 1931. É apontada por muitos como um dos nomes mais inovadores e importantes da ficção portuguesa contemporânea. Levando às últimas consequências a criação de um universo pessoal que desde os anos 60 não tem paralelo na literatura portuguesa, a obra de Maria Gabriela Llansol estilhaça as fronteiras entre o que designamos por ficção, diário, poesia, ensaio ou memórias. Faleceu em 2008.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK