Os Cinquenta Poemas do Amor Furtivo

Os Cinquenta Poemas do Amor Furtivo

ISBN:978-972-37-0898-1
Edição/reimpressão:04-2004
Editor:Assírio & Alvim
Código:78055
ver detalhes do produto
14,00€I
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
24H
EM
STOCK
14,00€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H

SINOPSE

Na Índia antiga, o sexo não era considerado em oposição à espiritualidade. Ao acto sexual era atribuído um lugar de honra. Homens e mulheres estudavam o Kama Sutra e textos similares. Os templos estavam cobertos de baixos-relevos ilustrando as mais diversas posições sexuais. Não é de admirar que uma percentagem significativa dos poemas que sobreviveram às monções, às guerras e chegaram até nós sejam poemas eróticos. A experiência erótica completa, desde o desabrochar do amor até depois da sua consumação, está brilhantemente representada nesses poemas.
O "Caurapankasika" (os cinquenta poemas do ladrão de amor) é atribuído a Bilhana, um poeta que terá vivido na Caxemira no século XI d.C. Segundo a lenda, Bilhana terá sido contratado como preceptor da filha dum rei. Uma das disciplinas administradas era a arte erótica. Muito rapidamente o poeta e a princesa terão sucumbido a uma paixão avassaladora. Descoberto, Bilhana foi condenado à morte por empalamento. Consoante ia subindo os degraus que o levavam ao cadafalso, foi evocando a princesa e a paixão que os unia em cinquenta poemas cuja beleza era tal que a própria deusa Kali intercedeu junto do rei para que lhe perdoasse. Existe um grande número de manuscritos do "Caurapankasika", o que prova a sua popularidade. A versão aqui apresentada é a do norte da Índia, e foi realizada a partir de traduções em línguas ocidentais.
Os outros poemas que se seguem ao "Caurapankasika" foram na sua maioria extraídos do "Subhasitaratnakosa" de Vidyakara, do "Amarusataka" (Os cem poemas de amor de Amaru) e do "Sattasai" do Rei Hala.
(da introdução de Jorge Sousa Braga, que também traduziu os poemas)
O livro contém ainda várias ilustrações a cores e a preto e branco.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Os Cinquenta Poemas do Amor Furtivo
ISBN:978-972-37-0898-1
Edição/reimpressão:04-2004
Editor:Assírio & Alvim
Código:78055
Idioma:Português
Dimensões:144 x 205 x 8 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:104
Tipo de Produto:Livro
Jorge Sousa Braga nasceu em Cervães, Vila Verde, em 1957. Há vários anos que vive no Porto, onde exerce Medicina. Publicou vários livros de poesia. Traduziu e antologiou autores como Jorge Luis Borges, Matsuo Bashô, Apollinaire, entre outros. É casado e tem dois filhos.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK