Publicação da mortalidade (eBook)

avaliação dos leitores (4 comentários)
(4 comentários)
Nova edição revista com poemas inéditos
Formatos disponíveis
9,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
9,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

publicação da mortalidade reúne a obra poética de Valter Hugo Mãe, que para esta edição eliminou poemas, trabalhou os que ficaram e acrescentou um importante número de inéditos.

poemas são transumâncias
de deuses

pastam nos versos
a infinita criação
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

VHM, único
AC | 2019-10-21
Valter Hugo Mãe tem uma capacidade única de nos transportar para dentro das palavras e dar-nos voltas, enquanto dá voltas à nossa vida, poetizando-a. No mais belo, no mais feio, no mais frágil e no mais grandioso da nossa existência. Poesia que vale a pena ter por perto :)
Poesia magica
José Magalhães | 2018-10-04
Valter Hugo Mãe consegue através da poesia despertar os leitores para a importância de desfrutar a vida. Recomendo

DETALHES DO PRODUTO

Publicação da mortalidade (eBook)
ISBN: 978-972-37-2020-4
Edição/reimpressão: 03-2018
Editor: Assírio & Alvim
Código: 67626
Idioma: Português
Páginas: 200
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Poesia
Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da actualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em muitos países. Com As doenças do Brasil completa 25 anos de edição e 50 anos de vida. Autor dos romances: Contra mim (Grande Prémio de Romance e Novela - Associação Portuguesa de Escritores); Homens imprudentemente poéticos; A Desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Prémio Oceanos); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobos, O paraíso são os outros, As mais belas coisas do mundo e Serei sempre o teu abrigo. A sua poesia encontra-se reunida no volume publicação da mortalidade. Publica a crónica Autobiografia Imaginária, no Jornal de Letras, e Cidadania Impura, na Notícias Magazine. Com excepção da poesia, que tem chancela Assírio & Alvim, toda a sua obra está publicada pela Porto Editora.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK