Uma Certa Harmonia

Uma Certa Harmonia

Notas sobre arquitectura, urbanismo e saúde mental infanto-juvenil

ISBN: 978-972-37-1583-5
Edição/reimpressão: 05-2011
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79071
ver detalhes do produto
12,00€ I
-10%
COMPRAR
-10%
12,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I dias

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«A aproximação de Pedro Strecht à multiplicidade de problemas e às consequências decorrentes da arquitectura e do urbanismo em que vivemos e a denúncia e apelo implícitos não se limitam, mas incluem, aspectos estéticos tantas vezes tratados com desdém ou isoladamente. Pedro Strecht fala da arquitectura apaixonadamente — e da Beleza — mas de uma Beleza cujas raízes, evidentes ou não, mergulham na sua condição de serviço e na sua funcionalidade. Funcionalidade entendida como condição da Beleza da arquitectura, tanto como a Beleza será condição absoluta de funcionalidade — e não luxo.» Álvaro Siza, do «Prefácio»

DETALHES DO PRODUTO

Uma Certa Harmonia
ISBN: 978-972-37-1583-5
Edição/reimpressão: 05-2011
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79071
Idioma: Português
Dimensões: 161 x 221 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 112
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Arte > Arquitetura
Pedro Strecht nasceu em 1966. Terminou o curso de Medicina em 1989 (Universidade Nova), é especialista em Psiquiatria da Infância e Adolescência (Pedopsiquiatria) desde 1995 e autor de mais de cinquenta livros. Fez estágios na sua área clínica em Londres e Oxford. Exerceu diversas funções ao longo da sua vida profissional: foi professor do Ensino Secundário e do Ensino Superior, médico no Hospital de Dona Estefânia, no Chapitô, nos Centros Educativos da Bela Vista e Padre António de Oliveira, no Centro Dr. João dos Santos — Casa da Praia, que dirigiu enquanto IPSS e na Cooperativa A Torre. Foi supervisor do Projeto de Apoio à Família e à Criança Maltratada, colunista da revista Pais e Filhos e do jornal Público, coordenou a Equipa de Intervenção Psicossocial do Gabinete de Reconversão do Casal Ventoso e também a Equipa de Intervenção em Crise da Casa Pia de Lisboa. Trabalhou na ART — Associação de Respostas Terapêuticas e num Lar de Infância e Juventude Especializado, GPS (em Castro Verde). Recentemente, presidiu à Comissão de Investigação de Abusos Sexuais de Crianças por Membros da Igreja Católica Portuguesa, tendo sido distinguido em equipa com a medalha de ouro do Prémio Direitos Humanos, atribuído pela Assembleia da República. Atualmente, trabalha em consulta privada em Lisboa. Tem como outros interesses fundamentais a música, a literatura, a escrita, o desporto e a natureza. É casado, pais de três filhos e tem uma cadela. Sabe muito bem que não é perfeito e, por isso mesmo, continua a gostar de trabalhar com crianças e adolescentes e respetivos pais, com quem sente que todos os dias aprende a ser melhor médico e melhor pessoa. Numa época de afirmação da ciência e tecnologia, guiada por fatores económicos, gosta de valorizar todas as formas de expressão artística e, um dia, aspira a ser apenas reconhecido enquanto humanista.
Ver Mais