Vem à Quinta-Feira

Vem à Quinta-Feira

avaliação dos leitores (5 comentários)
(5 comentários)
Formatos disponíveis
11,00€
9,90€
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
24H
EM
STOCK
11,00€
9,90€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio 24H

SINOPSE

No seu mais recente livro de poesia Filipa Leal fala-nos, com uma voz muito própria, de problemas e sobressaltos, dos dramas da sua geração mas também dos tumultos por que passaram as anteriores. «Havemos de ir ao futuro e, no futuro, estará finalmente tudo como dantes.» Desfia memórias e cartografa emoções, porque afinal «[…] buscamos no quotidiano uma estrada onde se repita o amor e a casa de algum Verão.»
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

filipa leal num país de poetas
antónio josé cravo |2019-01-26
abra-se um livro de poesia numa página qualquer. leia-se o poema. pede para ser dito? quantas vezes nada pedem e são devolvidos à estante? foi assim que entrei no livro de filipa leal e a cada abertura me apetecia dizer o que lia. a poesia é para ser dita. faz falta poesia que seja dizível. poéticas como as de filipa leal restabelecem a ponte dos leitores com a poesia. a poesia num país de poetas vende pouco, entendes porquê? são precisas mais quinta-feiras, não são precisos outros dias
Bom
Diogo Gonçalves |2018-10-02
Um pouco lamechas mas, para mim, os livros desta autora são dos poucos que se destacam da mediocridade da poesia atual. Vale por isso.

DETALHES DO PRODUTO

Vem à Quinta-Feira
ISBN:978-972-37-1877-5
Edição/reimpressão:02-2019
Editor:Assírio & Alvim
Código:79432
Idioma:Português
Dimensões:145 x 205 x 8 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:80
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
Filipa Leal nasceu no Porto em 1979. É poeta, jornalista e argumentista. Formada em Jornalismo pela Universidade de Westminter (Londres), é Mestre em Estudos Portugueses e Brasileiros pela Faculdade de Letras do Porto. Trabalhou em rádio, imprensa e televisão. Publicou o seu primeiro livro, lua-polaroid, em 2003, a que se seguiram oito títulos de poesia, entre os quais A Cidade Líquida, O Problema de Ser Norte, A Inexistência de Eva (ed. Deriva), Adília Lopes Lopes (não-edições) ou Vem à Quinta-feira (2016, ed. Assírio & Alvim). O seu livro A Cidade Líquida foi publicado em Espanha pela editorial Sequitur. Em 2016, a editora colombiana Tragaluz publicou a primeira antologia que reúne poemas de toda a sua obra no livro En los días tristes no se habla de aves. Escreveu, com a realizadora Patrícia Sequeira, a longa-metragem de cinema Jogo de Damas, pela qual receberam o prémio Golden Aphrodite de Melhor Guião no Festival de Cinema do Chipre (2016) e o Prémio de Melhor Guião no International Monthly Film Festival de Copenhaga (2017). Autora e argumentista da série Mulheres Assim, emitida na RTP1 (2016-2017). Atualmente, colabora com o programa semanal Literatura Aqui, da RTP2 (Prémio SPA para Melhor programa de Entretenimento 2017).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK