Como se nada Fosse

Formatos disponíveis
12,20€ I
9,76€ I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
12,20€ I
9,76€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Esboços de uma autobiografia, cogitações, homenagens, sobressaltos, leituras. "Como se nada Fosse" é o mais recente livro de poesia de José Alberto Oliveira e nele encontramos alguns dos mais belos poemas da sua obra.


SEM TÍTULO

Quando percebemos que a vida
é um calafrio na imensa aspirexia
que a rodeia — quinze lustros graças
à higiene e à penicilina (e ninguém
assegura tratar-nos a febre)
temos de reconhecer como é grande
a nossa malícia — exigir a cada dia
que outro lhe suceda e agradecer
o mal que nos atinge e a desdita
que nos ampara, acordar sem jeito
e adormecer sem mágoa,
como se nada fosse.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Como se nada Fosse
ISBN: 978-972-37-1812-6
Edição/reimpressão: 03-2015
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79400
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 205 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 96
Tipo de Produto: Livro
Médico cardiologista, José Alberto Oliveira nasceu em 1952 em Souto da Casa, Fundão, e vive atualmente em Lisboa. Publicou o seu primeiro livro de poemas em 1992, na Assírio & Alvim, e surpreendeu pelo seu lirismo discreto e pela diversidade temática de aproximação a aspetos do quotidiano, onde além disso são notórias as influências da poesia inglesa. Traduziu Auden, Russell Edson, Frank O’Hara e Charles Simic, entre outros. Foi um dos principais colaboradores do livro «Rosa do Mundo — 2001 poemas para o futuro».
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK