Imagens de Pensamento

Imagens de Pensamento (eBook)

Formatos disponíveis
9,99€
-10%
COMPRAR
-10%
9,99€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IDisponibilidade Imediata
EBOOK PARA ADEIEBOOK PARA WOOK READER

SINOPSE

Os três conjuntos de textos que compõem este volume nasceram todos, com intuitos diferentes, na década que medeia entre 1924 e 1934. Um traço comum os aproxima na sua diversidade, anunciando uma forma de escrita e pensamento que marcará a partir de agora grande parte da Obra do autor: a forma breve, do aforismo, do fragmento, da pequena crónica, diversamente vazada num «pensamento feito de imagens» e numa «linguagem imediata... capaz de responder activamente às solicitações do momento».

Se Rua de Sentido Único é em grande parte uma leitura dos tempos, já a Infância Berlinense será, segundo Benjamin, uma «despedida» pessoal da Berlim da viragem do século, através de «imagens nas quais se evidencia a experiência da grande cidade por uma criança da classe burguesa». Por sua vez, as Imagens de Pensamento, que deram o título ao volume, são registos de um coleccionador de lugares e objectos, mas também de memórias e sonhos, com palavras que — diz Adorno — «quando chegam batem com pequenos martelos contra o real até arrancarem dele a imagem, como de uma chapa de cobre».
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Imagens de Pensamento (eBook)
ISBN:978-972-37-2022-8
Edição/reimpressão:07-2018
Editor:Assírio & Alvim
Código:67642
Idioma:Português
Páginas:336
Tipo de Produto:eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Ensaios
Walter Benjamin nasceu em Berlim em 1892, no seio de uma família judaica. Estudou Filosofia em Berlim, Munique e Freiburg e doutorou-se em Berna (Suíça) no ano de 1919, com a tese A Crítica de Arte no Romantismo Alemão. A ascensão de Hitler e do nazismo obrigaram-no a fugir de Berlim, em 1933. Residiu sobretudo em Paris, com passagens por Itália e por Espanha. O medo de ser entregue à Gestapo e as dificuldades em passar a fronteira entre França e Espanha conduziram-no ao suicídio em 1940. Como legado deixou-nos uma obra filosófica de uma impressionante atualidade, onde se cruzam os assuntos que tentava compreender e estudar: História, Modernidade, Arte, Tecnologia, literatura dos séculos XIX e XX e a ascensão da cultura de massas, assim como numerosas traduções e análises literárias a Baudelaire, Brecht, Hölderlin, Kafka e Proust.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK