O Livro de Horas

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
ISBN: 978-972-37-2134-8
Edição/reimpressão: 03-2020
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79201
Coleção: Peninsulares
ver detalhes do produto
17,70€ I
14,16€ I
-20%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
17,70€ I
14,16€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - envio até 48 horas
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Chama-se «Livro de Horas» aos breviários (livro de orações usado pelos sacerdotes) destinados a leigos, contendo orações para determinados momentos do dia, como é notório, em registo poético, no primeiro livro deste volume de Rilke. Foram amplamente difundidos do século XII ao XVI e ainda hoje são conhecidos os livros de horas franceses especialmente ilustrados e ricamente adornados. Os outros dois livros deste volume do Autor apontam para a vida como peregrinação, enfrentando adversidades como a pobreza e a morte. [...]

O Livro de Horas não só está na base da fama de Rilke enquanto poeta - foi o primeiro dos seus livros que se tornou muito conhecido - mas também marcou uma época na sua Obra. É o primeiro ciclo poético verdadeiramente acabado: não só por ter surgido de um triplo impulso inspirador investido de uma validade imediata, de tal modo que até a sequência da escrita pôde ser mantida como princípio ordenador, mas sobretudo porque no seu inventário de motivos, nas suas imagens e mitos, na sua estrutura formal e na sua fisionomia estilística projecta um modelo de mundo poético coeso. Deste modo alcançou o seu objectivo de «encontrar imagens para as minhas transformações» (SW III 699). Por isso O Livro de Horas marca o começo da sua obra poética da maturidade. [do Prefácio de Maria Teresa Dias Furtado]
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

O livro de horas de Rilke
Tiago P. Marques | 2020-05-16
Rilke, em tempos de maior conturbação na sua vida, escreve este Livro de Horas, que na época ousou assemelhar.se aos muito usados livros de horas, chamados pelas orações propostas a quem os comprasse. Aqui tudo é subvertido, mas nada se subverte ao mesmo tempo, porque este Livro de Horas nada mais é que a busca de um sentido de espiritualidade do seu autor, e ao fazê.lo propõe.nos a nossa própria busca, através da poesia, para algo subtil e invisível que podemos nunca ter reconhecido. Obra maior no espólio do autor, sem dúvida a ser lida.
Tradução/interpretação que torna incompreensível o original
Fátima Valente | 2020-04-22
A beleza dos versos originais não encontra eco na tradução portuguesa desta edição

DETALHES DO PRODUTO

O Livro de Horas
ISBN: 978-972-37-2134-8
Edição/reimpressão: 03-2020
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79201
Coleção: Peninsulares
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 205 x 24 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 360
Tipo de Produto: Livro
Rainer Maria Rilke nasceu em Praga em 1875. Escritor precoce, publicou o seu primeiro livro de poesia antes dos vinte anos, Vida e Canções (1894). Entre as suas obras mais famosas contam-se As Elegias de Duíno (1923), Cartas a um Jovem Poeta (1929, póstuma) e o seu único romance, de teor autobiográfico, As Anotações de Malte Laurids Brigge (1910). Rilke destacou-se como um dos autores mais relevantes de língua alemã, tanto na poesia como na prosa lírica. Faleceu em Valmont, na Suíça, vítima de leucemia, em 1926.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK