Poesia Completa

Formatos disponíveis
24,00€ I
21,60€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
24,00€ I
21,60€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

A Poesia Completa de Garcilaso de la Vega foi um trabalho de tradução ciclópico que ocupou José Bento até aos seus últimos dias. Existia já, pela sua mão, uma antologia do autor publicada pela Assírio & Alvim nos anos oitenta. Aí se incluía já quase toda a obra deste grande poeta do renascimento em Espanha. Ausência mais notória, a formidável e longuíssima segunda écloga, agora incluída nesta edição. Diz-nos José Bento, socorrendo-se das palavras de Garcilaso: «Sobre as minhas traduções, as grandes dificuldades que encontrei, o modo como procurei resolvê-las, os meus possíveis acertos e erros, lembro estas palavras de Garcilaso na carta a D. Gerónima Palova de Almogávar, que serve de prólogo à tradução feita por Boscán de Il Cortegiano de Castiglione: é, quanto a mim coisa tão difícil traduzir bem um livro como escrevê-lo de novo […] [Boscán] foi, além disto, um tradutor muito fiel, porque não se amarrou ao rigor da letra, como fazem alguns, mas à verdade das sentenças e por diferentes caminhos pôs nesta língua toda a força e o ornamento da outra, e assim deixou tudo no seu lugar como o encontrou, e encontrou-o tal que com pouco trabalho poderiam os defensores deste livro responder aos que quisessem censurá-lo em alguma coisa.»
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Além de ser a maior edição da poesia de Garcilaso de la Veja, é também a melhor homenagem ao seu tradutor português mais dedicado.

DETALHES DO PRODUTO

Poesia Completa
ISBN: 978-972-37-2125-6
Edição/reimpressão: 04-2021
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79511
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 212 x 36 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 464
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Poesia
Poeta espanhol oriundo de Toledo, que nasceu em 1501 e virá a falecer em 1536, em Nice. Garcilaso de la Vega nasce no seio de uma família nobre com ligações à Rainha Isabel, a Católica, em plena época dos Descobrimentos. Tem uma educação prestigiada no estudo do latim e do grego, o que lhe permitirá a leitura dos clássicos, marcantes no seu conhecimento da poesia. De 1526 a 1529 viveu em Toledo com a corte de Carlos V e a sua família mas, em 1529, desembarca em Génova com a comitiva do imperador, para a coroação imperial pelo Papa em Bolonha. Aqui, Garcilaso de la Vega deixa-se enriquecer pelo Renascimento Italiano, que influenciará enormemente a sua poesia, a ponto de ser um dos responsáveis pela elegância das formas renascentistas na poesia espanhola. A paisagem de Toledo desenhada por Garcilaso de la Vega é povoada por belas ninfas e pastores melancólicos apaixonados, influência clara da luz renascentista de Botticelli. Em 1533, volta a Barcelona numa missão atribuída pelo vice-rei de Nápoles. Esteve pela última vez em Espanha no ano seguinte, vindo a morrer num campo de batalha em 1536.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK