Teoria da Fronteira

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
Formatos disponíveis
12,20€ I
9,76€ I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
12,20€ I
9,76€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

A primeira parte do novo livro de poesia de José Tolentino Mendonça abre com esta epígrafe de Gloria Anzaldúa: «Penso na fronteira como o único ponto da terra que contém todos os outros lugares dentro de si». Mote para uma poderosa reflexão sobre o amplo significado da palavra fronteira, nas suas múltiplas dimensões e como metáfora emblemática da humanidade, ontem como hoje. Ponto de partida para viagens por terras e cidades, por tempos passados e presentes, peregrinando pelos lugares da amizade, pela solidão, pelo silêncio, pelo corpo.

MÃOS VAZIAS

Mãos vazias são salva-vidas para tempos difíceis
uma afeição a salvo dos especuladores
o seu vazio é uma pedra
e se observares bem ela flutua

as mãos vazias são selvagens na sua beleza
duras mesmo se vulneráveis
são o esconderijo ideal para guardares relâmpagos
e verdades ferozmente concisas

as mãos vazias esperam não o fim mas a fresta
alagadas na ferrugem
e preferem enlouquecer a acreditar
que a realidade é só aquilo que se vê
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Poesia luminosa
JT | 2017-07-10
Tolentino Mendonça é um dos maiores poetas portugueses vivo. Comprova-o em «Teoria da Fronteira». A sua poesia é absolutamente luminosa, inspiradora e de uma beleza arrebatadora. Imprescindível!
O mundo atual
José M. Ferreira | 2017-07-02
O mundo como um espaço que não se define, que não nos pertence, que é afrontado por fronteiras, de onde ainda é possível conceber um mundo nosso.

DETALHES DO PRODUTO

Teoria da Fronteira
ISBN: 978-972-37-1910-9
Edição/reimpressão: 06-2017
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79371
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 205 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 80
Tipo de Produto: Livro
José Tolentino Mendonça é poeta, sacerdote e professor. Nasceu na ilha da Madeira. Estudou Ciências Bíblicas em Roma e vive no Vaticano desde 2018, onde é responsável pela Biblioteca Apostólica e pelo Arquivo Secreto do Vaticano. Em 2019, foi elevado a Cardeal pelo Papa Francisco. Tem publicado a sua poesia na Assírio & Alvim e, desde 2017, a sua obra ensaística na Quetzal. Para José Tolentino Mendonça, «a poesia é a arte de resistir ao seu tempo». Os seus livros têm sido distinguidos com vários prémios, entre eles o Prémio Cidade de Lisboa de Poesia (1998), o Prémio Pen Club de Ensaio (2005), o italiano Res Magnae, para obras ensaísticas (2015), o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE (2016), o Grande Prémio APE de Crónica (2016) e, mais recentemente, o prestigiado Prémio Capri-San Michele (2017).
Ver Mais

QUEM COMPROU TAMBÉM COMPROU

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK