A Estrada Branca

A Estrada Branca

ISBN:978-972-37-0998-8
Edição/reimpressão:04-2005
Editor:Assírio & Alvim
Código:78153
ver detalhes do produto
9,00€I
-10%
COMPRAR
-10%
10D
9,00€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEnvio até 10 dias

SINOPSE

Novo título para um dos mais destacados poetas da actualidade nacional. José Tolentino Mendonça regressa à edição com poemas de primeira água, mesclando como ninguém teologia com quotidiano.

Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

"Há uma vocação aforística em Tolentino Mendonça. Este livro tem fórmulas de encantamento, dessas em que o dizer poético diz mais do que as palavras dizem. Os paradoxos, os desajustamentos, as lateralizações, criam um estremecimento incessante: 'No silêncio basta um sopro e todo o tempo estremece.' O branco é um dos componentes destes versos: significa uma barreira derradeira, uma linha em que as coisas deixam de figurar e aparecem à luz de uma cegueira violenta e doce."
Eduardo Prado Coelho, Público, Mil Folhas
«A poesia é para ele uma interrogação, uma demanda incessante do que não é visível, a partir da atenta escuta do mundo, dos que não têm voz: "Não é um ofício, um trabalho. É uma atenção", diz. E é sempre, nesse sentido, uma estrada que nunca foi percorrida, um atalho, depois do asfalto, um bosque essencial.»
(Maria Leonor Nunes, «Jornal de Letras», 16 de Março de 2005)
O PASSO DO ANJO

Pelas escarpas, nos atalhos de areia e erva
em matas sombrias onde as faias se renovam
os animais já não vigiam
já ninguém os persegue

a chuva desenha círculos perfeitos
nos poços dos aldeões
como nos charcos

o restolhar de prata da folhagem
previne do passo do anjo, na escuridão

O PASSO DO ANJO

Pelas escarpas, nos atalhos de areia e erva
em matas sombrias onde as faias se renovam
os animais já não vigiam
já ninguém os persegue

a chuva desenha círculos perfeitos
nos poços dos aldeões
como nos charcos

o restolhar de prata da folhagem
previne do passo do anjo, na escuridão

DETALHES DO PRODUTO

A Estrada Branca
ISBN:978-972-37-0998-8
Edição/reimpressão:04-2005
Editor:Assírio & Alvim
Código:78153
Idioma:Português
Dimensões:144 x 205 x 5 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:56
Tipo de Produto:Livro
José Tolentino Mendonça é poeta, sacerdote e professor. Nasceu na ilha da Madeira. Estudou Ciências Bíblicas em Roma e vive no Vaticano desde 2018, onde é responsável pela Biblioteca Apostólica e pelo Arquivo Secreto do Vaticano. Em 2019, foi elevado a Cardeal pelo Papa Francisco. Tem publicado a sua poesia na Assírio & Alvim e, desde 2017, a sua obra ensaística na Quetzal. Para José Tolentino Mendonça, «a poesia é a arte de resistir ao seu tempo». Os seus livros têm sido distinguidos com vários prémios, entre eles o Prémio Cidade de Lisboa de Poesia (1998), o Prémio Pen Club de Ensaio (2005), o italiano Res Magnae, para obras ensaísticas (2015), o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE (2016), o Grande Prémio APE de Crónica (2016) e, mais recentemente, o prestigiado Prémio Capri-San Michele (2017).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK