Silêncio para 4 (eBook)

Formatos disponíveis
9,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
9,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

Numa tarde invernosa, Ana, sentindo que em cinco anos não conseguiu abrir uma frecha por onde pudesse entrar a paixão, decide deixar-lhe as chaves e ir-se embora. Contrariamente à sua amante, para quem o acto de amar representa uma entrega total, sagrada e secreta, ele acredita na liberdade do amor, liberdade que o impossibilita de escolher por ela e de lhe pedir que não parta, limitando-se a explicar-lhe que "o amanhã no amor sem amanhã" se resume a tristeza e vácuo.
Permanecem na cama, abraçando-se e falando sobre amores passados, ancorados para a eternidade, inolvidáveis. Ana apercebe-se que nutre por ele a paixão que ele sentiu por outra, e que o impede agora de a amar. Ele relembra-lhe a paixão não correspondida que outro teve por ela.
Silêncio para 4 assemelha-se a uma peça de teatro em um único acto, onde se caracteriza um amor de desencontros e ausências, no qual planos adiados são substituídos por descrições imaginárias de passeios na altura da Primavera ("Se fôssemos todos os dias à praia, era terrível, melhor alimentar a imaginação aqui na cama, é precisa muita imaginação para viver aqui estes anos todos, assim gostando um do outro").
Em vez de presentear Ana com "um dia fora do mundo", ele fá-la deitar-se enquanto escreve a história da imaginação de quatro pessoas que gostam umas das outras por fantasia, "fazendo amor, falando de amor, trocando amor, conversando de amor, falando de nada". De quatro pessoas vivendo em silêncio por dependerem de palavras, "palavras que não servem para saxofone palavras que evitam o amor que nunca fazem amor o amor é silêncio intimidade a palavra estraga rompe o amor não deixa o homem entrar na mulher palavras que ficam estampadas na roupa a secar pendurada em todos os bairros altos do mundo".
Silêncio para 4 foi publicado pela primeira vez em 1973, pela Moraes Editores, no Círculo de Prosa.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Silêncio para 4 (eBook)
ISBN: 978-972-37-2140-9
Edição/reimpressão: 12-2020
Editor: Assírio & Alvim
Código: 67559
Idioma: Português
Páginas: 248
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Romance

sobre Ruben A.

Ruben Alfredo Andresen Leitão nasceu a 26 de maio de 1920, em Lisboa. Formado em Ciências Histórico-Filosóficas pela Universidade de Coimbra, foi docente na área da Língua e Cultura Portuguesas na Universidade de Londres entre 1947 e 1952. Estreou-se em 1949 com Páginas, misto de diário e ficção, um texto que sairia ao longo dos anos seguintes, em seis volumes. Destacam-se ainda, na novelística, os romances Caranguejo (1954), narrativamente escrito de trás para a frente, sem numeração de página, e A Torre da Barbela (1964), onde o autor funde a ficção biográfica e a ficção histórica. A segunda metade da década de 60 será marcada pela publicação dos três volumes autobiográficos O Mundo à Minha Procura. A sua escrita distingue-se pelo recurso a inteligentíssimos jogos de linguagem, desconstrução dos eixos narrativos tradicionais, subversão cronológica dos eventos passados e, claro, pela crítica irónica a uma certa forma de ser português. Alguns meses antes da sua morte, foi convidado a dar aulas na Universidade de Oxford. Morreu em Londres, a 26 de setembro de 1975.
No ano do centenário do seu nascimento, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa condecorou-o, a título póstumo, com o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK